Corpo & Cia Studio Pilates Corpo & Cia Studio Pilates Corpo & Cia Studio Pilates
Aulas Aula Experimental História do Pilates 10 motivos Benefícios Dúvidas Frequentes Famosos Gestantes Crianças Terceira Idade Solo X Aparelhos

Depoimentos Enviar Depoimento

Dúvidas comuns sobre o Pilates

Onde praticar Pilates?
Bom, obviamente recomendamos o nosso espaço, localizado no Jardim Leopoldina Zona Norte de POA.
Mas, se você não puder praticar Pilates conosco, temos o maior prazer em dar os seguintes conselhos:
Primeiro, é muito importante prestar atenção se o que você está recebendo como Pilates realmente é Pilates. A técnica não parece com ginástica localizada, não é Yoga, e tão pouco uma aula de alongamento. Outro fator muito importante é saber se o profissional que está lhe oferecendo o serviço tem formação superior completa e certificação para ministrar aulas de Pilates com aparelhos, pois existem cursos de Pilates que só certificam o profissional para aulas de Solo.

Quem tem problemas musculares ou tendinite pode praticar Pilates?
Quem tem ou teve algum problema já previamente diagnosticado por um médico, deve avisar o professor para que ele adapte alguns exercícios para que você não sinta dor ou desconforto.
O Pilates, se bem praticado, pode ajudá-la a se recuperar. Os exercícios ajudam a fortalecer os músculos fracos, alongar os tensos e ainda levam ao relaxamento.

É verdade que o Pilates deixa o abdome durinho? Há a necessidade de complementar com outros exercícios abdominais?
Quando realizado da forma correta, o Pilates define o abdome e o deixa durinho por causa da respiração durante toda a execução dos exercícios.
Devemos inspirar profundamente e, ao expirar, levar o umbigo em direção às costas, contraindo os músculos do abdômen.

Pilates na adolescência traz benefícios?
O método Pilates pode começar a ser praticado na adolescência por volta dos 12 anos. Entre os seus maiores benefícios estão: aumento de flexibilidade, aumento do tônus muscular, resistência a fadiga muscular, melhora de postura, melhora a coordenação e equilíbrio, estimula a concentração, trabalha a respiração e estimula musculatura de sustentação do tronco como o abdômen e os multífidos.

Pilates atrapalha o crescimento de um adolescente?
Costumamos ouvir muito a pergunta: “Meu filho é adolescente e esta em pleno desenvolvimento, ele pode fazer Pilates? Isso não atrapalhará seu crescimento?”
Não. Pelo contrário, o Pilates respeita e estimula o desenvolvimento normal além de trabalhar respeitando o movimento natural das curvas da coluna de um adolescente.
Você com certeza já viu olhares de admiração se voltarem a alguém que não era necessariamente maravilhosa, mas mostrava algo especial. É provável que tal pessoa tivesse uma boa postura.
Manter o corpo alinhado, além de ser essencial para executar corretamente os exercícios e ganhar músculos, ajuda a causar uma boa impressão em momentos especiais em nossas vidas, como por exemplo: na hora de procurar emprego, na troca de olhares durante a paquera e até mesmo na academia.

E, além de melhorar a postura, consciência corporal e a auto-estima, o Método Pilates também oferece diversos benefícios, como:

• Aumento progressivo da flexibilidade e mobilidade articular;
• Diminui tensões musculares;
• Desenvolve força muscular, principalmente abdômen;
• Alivia dores crônicas;
• Prevenção e tratamento de lesões;
• Reduz stress e fadiga;
• Harmonia de movimentos;
• Aumento da concentração;
• Controle respiratório;
• Condicionamento físico;
• Melhora da coordenação motora;
• Facilita a drenagem linfática e eliminação das toxinas.
• Composição corporal: estudos indicam que o Pilates auxilia na redução do percentual de gordura corporal.

Pessoas de todas as idades podem fazer aula de Pilates?
O Pilates é um método de condicionamento corporal que promove harmonia e balanço muscular para todas as idades, condicionando e energizando seu corpo através dos exercícios.
Por ser uma atividade individual ou feita na companhia de pequenos grupos e ainda supervisionada por um professor, a aula de Pilates pode ser direcionada para as necessidades individuais do aluno.
Estes exercícios especiais podem ser feitos por qualquer indivíduo, desde o super treinado ao sedentário, do idoso ao adolescente e das gestantes aos pacientes em fase de reabilitação ou com desordens alimentares, ainda podendo ser recomendado como condicionamento e prevenção de lesões para todos os indivíduos.

Quem pode praticar Pilates? Para quem ele é recomendado?
Mulheres e homens a partir dos 12 anos, pessoas ativas que levam uma vida estressante, atletas, sedentários, dançarinos, atores, pessoas em fase de reabilitação com indicação médica, idosos e gestantes.
É altamente recomendado, inclusive para a terceira idade, já que produz benefícios nas articulações (em caso de artrose). Além disso, previne a osteoporose, protegendo a estrutura óssea. Também não causa lesões, porque os exercícios são realizados sem impacto.
O Pilates pode ser praticado pelos mais diferentes grupos, desde que sejam respeitadas as diferenças individuais e princípios de treinamento desportivo.

O que exatamente é o Pilates?
Pilates é um sistema com mais de 500 exercícios que trabalham mente e corpo. É uma mistura balanceada com treino de força e flexibilidade que melhora a postura, reduz o stress, alonga e tonifica a musculatura sem exageros.
Pilates trabalha vários grupos musculares simultaneamente através de movimentos suaves e contínuos, com ênfase na concentração, fortalecimento e estabilização do CORE (abdômen, coluna e região pélvica), também chamado de “Powerhouse”.
O foco é na qualidade dos movimentos, ao invés da quantidade, o que faz o praticante sentir-se revigorado, ao invés de exausto após uma prática. Pilates tem foco no equilíbrio, assim nenhum grupo muscular fica sobrecarregado, e o corpo trabalha de forma mais eficiente nos esportes e nas atividades de seu dia a dia.
Os exercícios de Pilates podem ser feitos no solo ou em equipamentos específicos, como o “Reformer”, “Cadillac”, Cadeira Combo e “Ladder Barrel”.
Atualmente, em virtude principalmente da mídia, a procura pelo método Pilates tem aumentado de forma significativa. Médicos recomendam o método para gestantes e pacientes com lombalgias (dores na coluna).
Lombalgias podem ser minimizadas através do fortalecimento da musculatura proporcionado pelos exercícios de Pilates. O mesmo se aplica a casos médicos liberados (alta) de pacientes que realizaram cirurgias de hérnias de disco e outras patologias.

Pilates na gravidez tem restrições?
Sim, existem contra indicações relativas e contra indicações absolutas para a prática de Pilates na gestação. Caso ocorra algum sangramento ou algum tipo de dor como enxaqueca, dor nas costas, dor abdominal ou sintomas como dispnéia, edema, náuseas, contrações uterinas, fraquezas musculares, a atividade física deve ser cessada.
Na ausência de complicações, recomendam-se exercícios de intensidade regular e moderada, portanto com restrições. Lembrando que é recomendável que se a gestante não praticava exercício físico antes da gravidez, comece apenas após o terceiro mês.
Deve-se ter a autorização do médico para a prática de atividade física. A princípio devem-se priorizar os exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico, fortalecimento do grupo adutor, fortalecimento das costas e membros superiores e exercícios de mobilidade.

A quem se destina o Pilates?
O Pilates se destina a todos nós, aqueles que se preocupam com a saúde e procuram uma atividade física que englobe: trabalho postural, fortalecimento muscular e alongamento.
Portanto, podem ser praticados por homens, mulheres, jovens, idosos e crianças. Não há qualquer limite de idade, desde que o corpo seja respeitado.

Quanto tempo leva para se ver o resultado do Pilates?
Quando praticado com freqüência, com um a dois meses de treino já se percebe algumas diferenças, como uma musculatura mais “firme”, uma maior flexibilidade e uma sensação de que se está com uma melhor postura.

O Pilates melhora a postura e dores no corpo?
Um dos objetivos mais importantes do Pilates é o realinhamento postural. Todos os exercícios priorizam a correção postural que somado ao ganho de força e flexibilidade implicam diretamente na aquisição de uma boa postura.
As dores no corpo que são muitas vezes de causas posturais, por falta de flexibilidade ou força geralmente melhoram e até desaparecem com a prática de Pilates.

Quem dá as aulas de Pilates?
No Brasil, o método foi abraçado pela Fisioterapia e Educação Física já que o Pilates começou a ser dado em academias onde é exigido um dos dois profissionais, além disso, esses profissionais têm conhecimento e capacitação para passar corretamente os exercícios tanto se objetivo for fitness como para reabilitação.

O Pilates melhora a vida sexual?
Pilates treina os músculos do assoalho pélvico. Para saber onde fica, imagine que tem uma fralda interna no seu corpo. A parte em volta da cintura é o seu maior abdominal, o transverso, a parte de baixo, entre as suas pernas, o pavilhão pélvico.
Os dois estão interligados e numa pessoa saudável, sem problemas nesta zona, funcionam simultaneamente. Aliar à contração desta zona, um maior controle respiratório, diminuição dos seus níveis de stress que tantas vezes interferem na vida sexual, flexibilidade e tonicidade de todo o seu corpo, pode melhorar muito a sua vida sexual.
Você terá uma auto-estima maior em função das modificações do seu corpo e da tranqüilidade da sua mente.

O que é diferente no método de Pilates?
Joseph H. Pilates elaborou mais de 500 exercícios utilizando aparelhos criados por ele mesmo. Esses aparelhos fazem uso de molas de diferentes graduações que ora servem para dar assistência ao movimento, ora servem para dar resistência ao movimento.
O método Pilates prioriza o alongamento e o fortalecimento do corpo como um todo, sendo um trabalho praticado através das cadeias musculares. Ao invés de repetir muitas vezes cada exercício ele indica em seu método ser preferível exercitar-se com mais eficiência e com menos repetições, exigindo do praticante um controle adequado de seu corpo.

Bico-de-papagaio x Pilates
O método Pilates é uma atividade extremamente aconselhável para pessoas com osteofitose porque é uma atividade que promove a educação postural e mobilidade para a coluna, principalmente na região lombar.
O osteófito se forma devido ao envelhecimento e desidratação dos discos intervertebrais e se acentua com a má postura e ausência de mobilidade. Deve-se trabalhar nesses casos, os exercícios de fortalecimento abdominal para prevenção de dores lombares e exercícios de alongamento e flexibilidade vertebral.

Existem riscos no Pilates para os cardiopatas?
A atividade física através do método Pilates pode ser feita com cardiopatas, desde que se tenha a autorização por escrito do médico cardiologista do seu aluno. Para cardiopatas existem muitas restrições, principalmente em relação à apnéia e movimentos que exigem muita força de membros superiores. Porém, o Pilates apresenta muitos exercícios mais leves e que podem ser dados. Deve-se tomar cuidado com as posturas em intensa isometria que podem elevar a pressão arterial do aluno. Trabalhe-se mais com alongamentos, exercícios de flexibilidade vertebral e exercícios de fortalecimento de baixa carga.

Benefícios do Pilates para pacientes de lesão do menisco medial?
O Pilates é um método de condicionamento físico sem impacto e leva o ganho da consciência corporal, tornando-se uma atividade mais segura do que outras. Os benefícios serão ganho de força e resistência muscular, flexibilidade e conseqüente alívio de dores devido à falta de algum desses componentes.

O Pilates emagrece?
Toda atividade física proporciona uma queima calórica; assim sendo, o Pilates também queima caloria, porém o seu objetivo principal não é queimar gordura.
O Pilates não deve ser feito, portanto, com o objetivo principal de emagrecer, mas sim de conquistar uma vida saudável, com boa postura, músculos flexíveis, corpo bem definido, melhorar circulação sanguínea, melhorar a respiração, etc.

O Pilates reduz medidas?
Sim. O Pilates reduz medidas. Pois, tonifica a musculatura, principalmente do abdômen, a execução do exercício exige contração abdominal o tempo todo reduzindo principalmente a região da barriga.
Mas outras regiões do corpo não ficam por fora, afinal o Pilates trabalha o corpo de forma global e tem inúmeros exercícios para a mesma musculatura.

Quantas vezes por semana deve-se fazer Pilates?
Se você já pratica outros esportes ou atividade física é recomendado de 1 a 2 x por semana, mas se você é sedentário 3 x por semana é o ideal.
Porém não é contra indicado praticar Pilates todos os dias, o instrutor pode adequar a aula para trabalhar cada dia um grupo muscular ou ainda ou direcionar aulas exclusivas de alongamento ou para fortalecimento em dias alternados.
Alem disso, a aula de Pilates por ter poucas repetições não sofre fadiga a ponto de ser necessário um longo período de repouso.

Tenho hérnia de disco, posso fazer Pilates?
Sim, é possível freqüentar as aulas de Pilates tendo hérnia de disco.
O Pilates é um método onde, além de se preocupar o tempo todo com uma postura correta, você passará por uma avaliação para analisarmos os exercícios que serão contra indicados e os que devem ser incluídos na aula para melhora da patologia e dor, a aula pode ser adaptada conforme as limitações e necessidades de cada aluno.




Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 2669/301 - Esquina com Manoel Elias
Rubem Berta - Porto Alegre - RS - Fone (51) 3207.4242
corpoeciastudiopilates@hotmail.com
www.corpoeciastudiopilates.com.br
Horário de funcionamento: Seg. à Sex. das 7h às 21h. Sáb. das 9h às 12h.
RS Host - Desenvolvimento de Site Grátis com Hospedagem em Porto Alegre RS